Pronto, já não é mais um monólogo... Mas sabe que do tempo pouco sei, pois as horas tem sido um falcão a mergulhar atrás de uma presa, do conhecimento. Ana D.Echabe

sexta-feira, maio 29, 2009

Tudo é novo outra vez

Por traz da cúpula...
A luz se lança
Abrindo um rasgo
Dourado laranja
No céu.
Tive uma urgência...
Decidi que hoje
Não tenho pressa.
Quero um beijo mais longo
Um olhar mais dentro
Um abraço mais apertado
Um sorriso mais demorado.
O céu esta matizado
Entre laranja a azul
E eu só tenho hoje
Para o melhor de mim aqui.
Neste presente
Pari passu

15 comentários:

nina rizzi disse...

desde ontem que tentava comentar aqui e nada. eu sempre soube e digo que o blogger não vai com a minha cara, digo, dedos...

acho bom que veja as coisas assim. o grande bgarão de itararé é quem diz que hoje é o último dia de nossa vida. que devíamos viver como se fosse que um dia será.

que sejam todos seus dias dos matizes os mais coloridos, querida. assim, poeticamente coloridos.

beijo :)

Pedrasnuas disse...

UMA PAUSA FAZ BEM AO CORPO E À ALMA!!!E SE ACONTECER UM BEIJO PROFUNDO...UM OLHAR DEMORADO...UM SORRISO CÚMPLICE...O CÉU LARANJA E AZUL...O AZUL É COR PRIMÁRIA,O LARANJA É COR SECUNDÁRIA SERÁ AMARELO MISTURADO COM MAGENTA ....A MISTURA DE DUAS CORES PRIMÁRIAS...BEBE ESSA MISTURA E TORNA-TE COR TAMBÉM...:))
BEIJOS COLORIDOS E MUITO OBRIGADA PELO CARINHO DEIXADO NOS MEUS BLOGUES,UMA PRESENÇA CONSTANTE...
MARAVILHOSO FIM DE SEMANA PARA TI

Vieira Calado disse...

E depois da leitura do poema que aqui nos traz

aproveito o ensejo para desejar-lhe

um radioso fim de semana.


Cumprimentos meus

Maria Dias disse...

Enfim Consigo entrar no templo sagrado de Ana!rs...
Linda sua poesia (gosto das suas cores)elas refletem sempre nas poesias. Ler vc é como tentar decifrar tuas telas,tem as luzes...os sombreados...Os matizes!Isso vc demostra a vontade de recomeçar...Coração é terra fértil e o seu me parece estar com terra revigoradas,remexidas e prontinha para as mudas que virão.Desejo sorte pra vc amiga!Muito verde nesta terrinha fértil!

Beijinho

Maria

Fa menor disse...

Por vezes é urgente parar...
a vida anda por demais apressada que o tempo nos escorre por entre os dedos das mãos sem darmos conta do que andamos a perder.

Aproveite seu tempo com amor.

Bjinhos

Cynthia Lopes disse...

Adorei o casamento imagem/versos internos e densos, entre o azul e o laranja, por certo, o melhor de vc está por vir...
bjs

Fernanda disse...

Bonito o poema...
Com tanto amor à pressa,...é bom que se páre e se deixe repousar o olhar e o beijo ficar demorado...


Uma boa semana

Multiolhares disse...

Tudo pode ser sempre novo, basta acreditar e valorizar o dia quando nasce

Namastê

Ana disse...

A urgência de não ter pressa. Ler e saborear.
Um beijo.

Pedrasnuas disse...

ANA VIM PROCURAR MAIS ...

BEIJOS

f@ disse...

matizado laranja...
sumo
belo
imenso bijiho

glória disse...

esse tempo deslizado
arrastado
que roça na gente
que tateia o desejo
é lugar fora do relógio
é compasso da poesia
belo!
bjs

Maria Dias disse...

Oi dona moça...

Passando pra me despedir já q não conseguir falar com a senhora!Estarei de volta lá pelo Domingo ou segunda então desejo-lhe um excelente feriado viu?Ah e como vem o dia dos namorados passe no Bem me quer para ficar mais apaixonada!rs...Tenho uma dica para os amantes(quem sabe não pinte aquela pessoa especial hein?rs...).
Super beijos amiga!

Carla disse...

dizer-te do meu livro...In-finitos sentires que vão ser desenhados em papel. O lançamento é no próximo dia 27 de Junho, às 16 horas na Biblioteca de Valongo (Porto)...aparece se puderes
beijo

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Aninha,

Esse ogro é o homem que me faz feliz a cada dia que passa. E vc tem razão, todo lado agressivo tem um lado dócil. Por essas e outras que esse nosso amor é tão balanceado.

Desculpa responder agora, mas como estamos passando esses dias juntos, fica difícil largar um do outro. Ele está tomando banho e estou aproveitando...rs

Beijo grande, menina linda do meu coração.

Rebeca

-

Cartão de Visita do Facebook