Pronto, já não é mais um monólogo... Mas sabe que do tempo pouco sei, pois as horas tem sido um falcão a mergulhar atrás de uma presa, do conhecimento. Ana D.Echabe

sexta-feira, maio 15, 2009

Paciência

Tempo
Tic tac
Então tenho calma
E silencio
E vejo o tempo cair
Tenho calma
Pois espero o efeito
Do seu tempo.
E eu estou aqui
Pensando em amor,
Sentindo o tempo
Pulsar em meu coração.
Tenho a mesma velocidade
Do sol,
Se pondo, nascendo.
E yo, ioio
Vai e vem
O tempo é feito,
Efeito, casualidade.
Como brisa na face,
Como a luz que vi.

29 comentários:

Lorena N. disse...

O tempo, pra mim, é consolo. É o que me acalma, mas as vezes me desespera. Fico aqui, também, pensando em amor.

Um bom final de semana pra você!
Beijos!

Pedrasnuas disse...

O TEMPO SOMOS NÓS...A NOSSA VIDA ...ESTIPULADA ,FRAGMENTADA ,GESTOS GUIADOS POR PONTERIOS...E SE NÃO FOSSE ASSIM..COMO SERIA?...UM CAOS...UMA ANARQUIA...SABE BEM ESQUECER O TEMPO APENAS POR UM CERTO TEMPO...

UM ABRAÇO SEM TEMPO NEM MEDIDA

glória disse...

esse tempo que muitas vezes assume outra cronologia afora o tempo dos sentimentos. um tempo que não se conta quando o coração bombeia sentimentos. belo esse teu compasso de poema. bjs

Maria Dias disse...

Uau!A lua está linda por aí hein?rs...Tem alguém apaixonado é?rs...Bem,O tempo(Ah o tempo q tudo cura e passa tão rapidinho...).

Beijocas Anita!

Maria pensando nas suas novas cores!rs...

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Dinamita-se o país logo de uma vez! hahaha

Os segundos passam e de repente o tempo pára. Será?

Até mais.

Jota Cê

-

~ Marina ~ disse...

Ter calma é uma atitude sábia, quando se tem consciência de que o tempo não pára, visto que, ele se estenderá pela eternidade.

*Linda lua, Ana!

* Beijos pra ti! *

Maria Dias disse...

Toc toc toc!

Sua caixa postal deve estar cheia de presentes viu?Já enviei DOIS e-mails q voltaram!Onde é q a senhora se encontra neste momento?rs...

P.S.Se estiver a toa estou no MSN!

Fernanda disse...

Obrigada pela visita à minha rua..:))
Gostei do teu blog...vou continuar por aqui...


Uma boa semana para ti

O Profeta disse...

Um Violoncelo reage ao toque
Vibram as cordas, solta-se a melodia
Das mãos escultoras das notas
Saem afagos de sonora magia

Uma alma reage aos acordes
Um coração bate ao compasso
Uma voz entoa dolentemente
Um corpo deseja o abraço


Bom domingo



Doce beijo

A.S. disse...

O tempo não passa... nós é que passamos pelo tempo num irritante e impiedoso tic-tac...
Tal como o teu lindo poema, feito ao ritmo de um pêndulo!

BjO"ss

Cynthia Lopes disse...

Adorei "e vejo o tempo cair", na minha imaginação veio logo uma ampulheta, e a imagem do tempo como areia que escorrega por entre nossos dedos ou frente aos nossos olhos, pacientes. Bjs

Fa menor disse...

Ah! esse tempo que nos escapa como areia por entre os dedos!... quando damos conta o sol que inda agora nasceu, já se vai a esconder da nossa vista. Que o usemos sempre para o bem.
Que ele pulse em vida e amor no ritmo do teu coração!

Bjinhos

nina rizzi disse...

o tempo, tantas vezes tanto
desgraçado. bem pintado, ADiniz :)

Mara faturi disse...

...então,dia 16 caiu mais um grão de areia nesse tempo contado na folhinha do calendário hein?
teu abraço está aqui bem guardado , esperado, mas se apresse, rs,rs,
bjo minha An(j)A

Ana disse...

A sabedoria que o tempo traz no seu eterno fluir.
Um beijo.

Carla disse...

é bom quando se consegue ter calma e não nos deixamos invadir pela correria do tempo
beijos

Mara faturi disse...

lindinhaaaaaa,
tem poeminha novo lá e pintura do meu preferido; Lautrec,
bjão;)

Multiolhares disse...

Dizem que o tempo não existe, mas como dizes é preciso paciência para o ver passar,o teu poema esta delicioso, simples profundo e leve adorei
beijinhos

Nuno G. disse...

mais uma "coisa" linda que encontro por aqui... tão suave e belo!

(www.minha-gaveta.blogspot.com)

Faça a Diferença !!! disse...

Uma maravilha, sempre belos post...

Maria Dias disse...

Lindinha...Voltaram meus e-mails novamente!

Vieira Calado disse...

... E há até quem diga que o tempo é uma abstracção!

Beijocas

vida de vidro disse...

por vezes, gostava de conseguir parar o tempo. ou ter essa calma de que falas. **

Pedrasnuas disse...

ANA ...VIM EM BUSCA DE NOVIDADES,ONDE ESTÃO?:)))

BOA SEMANA
BEIJOS

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Aninha,

Você que é linda, com esse jeito que sabe conquistar todos a sua volta. Suas palavras sempre fortes e carinhosas, amo.

O tempo num determinado momento da vida é aliado, e com o tempo, esse tempo pesa a vida... levando de nós quem amamos.

Beijo grande, menina linda.

Rebeca

-

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Aninha,

Não estou conseguindo postar no post acima.

Olha, essa calma que engole a pressa é a mais sentida.

Seus comentários são tão lindos, tão sentidos, são dignos de um post.

Beijo imenso.

Rebeca

-

Carla disse...

não consegui abrir a caixa de comentários do teu novo post...por isso abri esta para dizer que gostei imenso do que li e que, de facto, sem pressas viver ter outro sabor
beijo

Pedrasnuas disse...

ANA,BOA NOITE.PASSEI VÁRIAS VEZES NO TEU ÚLTIMO POST E NÃO CONSIGO ENTRAR PARA DEIXAR COMENTÁRIO...PASSA-SE QUALQUER COISA...

BEIJINHO E VÊ LÁ ...

Denise disse...

Esses dias tenho me apegado na coisa que o tempo passa,é urgente e se faz presente,queiramos ou não...
e que talvez me reste pouco tempo para VIVER!

(ando melancólica rs)
mas passa,sempre passa.

Adorei vir aqui

Volto!

Cartão de Visita do Facebook