Pronto, já não é mais um monólogo... Mas sabe que do tempo pouco sei, pois as horas tem sido um falcão a mergulhar atrás de uma presa, do conhecimento. Ana D.Echabe

terça-feira, março 10, 2009

Lembranças no Ouvidor

Poderia te falar de momentos
Vividos meus em beira mar.
Lembranças trazidas
Pela brisa do mar.
Elas tinham doce aroma.
De delicias risadas
Roladas de boas gargalhas.
Tínhamos olhares doces
Que premiavam entre pupilas
Eram minhas
E se tornavam tuas,
E as tuas eram minhas,
Riamos, tinhas medo
De soltar-te nos braços do mar,
E flutuar como pássaro no ar.
Sal picos de água salgada
Em meus olhos
Fazem umedecê-los.
Corro para o Rosa,
Aqui já
Ouvidor.

13 comentários:

PreDatado disse...

Óptimo poema e excelente foto!

nina rizzi disse...

eu sou do mar, sabe... assim como esse poema.
a propósito leia "o homem e o mar" deo baudelaire.

beijo :)

O Profeta disse...

As cores que reténs em tua alma
Entraram pelo coração
São luzeiros em céu nocturno
A força de uma oração

Vês com o sentir do sonho esquecido
Com mãos esculpindo o encanto
Às vezes elas ficam presas
Às águas que brotam do pranto


Boa semana


Mágico beijo

Lorena N. disse...

Bonita lembrança! As que eu tinha, o próprio mar levou.

Espelho disse...

Para mim, um momento perfeito...
Desenhar momentos e gestos.

Beijo
Gostei de estar aqui perto de ti

mimi disse...

Que delícia!
Voltarei aqui para estar contigo de novo

Mara faturi disse...

Aff, a praia do ouvidor é maravilhosa!!! ótimo lugar para lembranças...
bjo

vida de vidro disse...

À beira-mar, podemos lembrar-nos de toda uma vida. Extensa como a superfície da água. **

Ana disse...

Lembrar é viver de novo.
Beijo.

Maria Dias disse...

Oi Ana...

vim conhecer o teu belo espaço! Gostei do vi e do q li... Vou te adicionar tudo bem?

Beijinho!

P.S.Ah! Observei q vc tem a minha idade e meu signo... Então penso q devemos ter gostos parecidos... rs...

kuandr disse...

Ola amigo
passeando na busca do conhecimento de belas palavras encontrei essa fonte.

maravilha sao suas palavras

sucessos


www.kuandr.blogspot.com

Vento disse...

Aquilo que entregares às ondas do mar, jamais regressará...

Beijo

Pedrasnuas disse...

Se os nossos ouvidos fossem conchas ouvíamos permanentemente a voz do mar...que segredos escondem as ondas?

Beijo

Cartão de Visita do Facebook