Pronto, já não é mais um monólogo... Mas sabe que do tempo pouco sei, pois as horas tem sido um falcão a mergulhar atrás de uma presa, do conhecimento. Ana D.Echabe

segunda-feira, maio 03, 2010

Ecologia mental

A terceira, a ecologia mental, chamada também de ecologia profunda, sustenta que as causas do déficit da Terra não se encontram apenas no tipo de sociedade que atualmente temos. Mas também no tipo de mentalidade que vigora, cujas raízes alcançam épocas anteriores à nossa história moderna, incluindo a profundidade da vida psíquica humana consciente e inconsciente, pessoal e arquetípica.
Há em nós instintos de violência, vontade de dominação, arquétipos sombrios que nos afastam da benevolência em relação à vida e à natureza. Aí dentro da mente humana se iniciam os mecanismos que nos levam a uma guerra contra a Terra. Eles se expressam por uma categoria: a nossa cultura antropocêntrica. O antropocentrismo considera o ser humano rei/rainha do universo. Pensa que os demais seres só têm sentido quando ordenados ao ser humano; eles estão aí disponíveis ao seu bel-prazer. Esta estrutura quebra com a lei mais universal do universo: a solidariedade cósmica. Todos os seres são interdependentes e vivem dentro de uma teia intrincadíssima de relações. Todos são importantes.
Não há isso de alguém ser rei/rainha e considerar-se independente sem precisar dos demais. A moderna cosmologia nos ensina que tudo tem a ver com tudo em todos os momentos e em todas as circunstâncias. O ser humano esquece esta realidade. Afasta-se e se coloca sobre as coisas em vez de sentir-se junto e com elas, numa imensa comunidade planetária e cósmica. Importa recuperarmos atitudes de respeito e veneração para com a Terra.
Isso somente se consegue se antes for resgatada a dimensão do feminino no homem e na mulher. Pelo feminino o ser humano se abre ao cuidado, se sensibiliza pela profundidade misteriosa da vida e recupera sua capacidade de maravilhamento. O feminino ajuda a resgatar a dimensão do sagrado. O sagrado impõe sempre limites à manipulação do mundo, pois ele dá origem à veneração e ao respeito, fundamentais para a salvaguarda da Terra. Cria a capacidade de re-ligar todas as coisas à sua fonte criadora que é o Criador e o Ordenador do universo. Desta capacidade re-ligadora nascem todas as religiões. Precisamos hoje revitalizar as religiões para que cumpram sua função religadora.
Leonardo Boff
video

12 comentários:

Pedrasnuas disse...

POR ENQUANTO VIM SAUDAR-TE E DEIXAR EXPRESSOS OS MEUS PARABÉNS POR ESTA VALIOSA POSTAGEM...ADOREI OS VÍDEOS E PRETENDO VOLTAR COM MAIS CALMA ...PARA UM OLHAR MAIS ATENTO...
O TEXTO COMPLEMENTA BEM OS VÍDEOS E AS PREOCUPAÇÕES QUE DEVERIAM SER OBRIGATORIAMENTE DE CADA UM DE NÓS!!!

BEIJINHO TERNO

Maria Dias disse...

Nossa que chamada forte para a atenção com a terra. Profundo demais, tão profundo que chega a dar medo...

Ah! vc usou um pouco da minha tinta azul é?rs... Suas paredes tb ficaram muito bonitas igualzinho ao meu Avesso!

Beijo e boa semana!

Maria

sideny disse...

Ola ADiniz

Renho de voltar cá mais logo para ver se consigo ver o video de baixo.

beijinhos e ate logo.

Cynthia Lopes disse...

Estamos todos unidos por laços invisíveis, é um bom exercício respirar profunda e lentamente, para entrar em contato com a gente mesmo e restabelecer esta ligação com o universo a nossa volta, para restabelecer nossos vínculos com Deus-Criador e este profundo amor (que vai além dos sentidos), que Ele sente por nós.
Aninha, vc me permitiu, com seu post, parar o meu trabalho por minutos e me religar. Amei,
vc é esta nossa lua muito cheia e lindona no céu. bjs

Pedrasnuas disse...

VOLTEI...PARA OUVIR A TERRA RESPIRAR PROFUNDAMENTE NUM APELO DESEPERADO E MIRRADO A UM HOMEM IMPIEDOSO QUE CONTINUA A DESTRUIR, A JULGAR-SE SENHOR DE TODAS AS VERDADES ,DETENTOR DE TODO O PODER...QUANDO AFINAL BASTA A NATUREZA ENFURECER-SE E ELE TORNA-SE O MAIS PEQUENO DOS SERES,O MAIS INSIGNIFICANTE... ESTE HOMEM INSENSATO E LOUCO IGNORA OS APELOS DOS QUE SENSATAMENTE ALERTAM PARA O FIM IMINENTE...PORQUE A TERRA ESTÁ DOENTE ...E CANSADA E NÃO VAI CONTINUAR A SUPORTAR POR MUITO MAIS TEMPO MAUS TRATOS E VIOLAÇÕES...É UMA PENA QUE SEJA PRECISO CHOCAR COM IMAGENS DESTE GÉNERO...ASSUSTADORAS PARA QUE ALGUMAS ALMAS TEIMOSAS ACABEM POR CEDER ...PORQUE JÁ É TARDE...A REALIDADE É ESSA...OU ACTUAMOS E SALVAMOS A ARCA OU ENTÃO...NÃO SEI SE AS GERAÇÕES FUTURAS VÃO PERDOAR-NOS POR ESTA HERANÇA TÃO ESCURA...

LOUVO-TE POR ESTA INICIATIVA.PARABÉNS!!!

FALAR PELA TERRA,DAR-LHE VOZ É TER UM CORAÇÃO MAGNÂNIMO...E TU TENS E SABES ISSO!

BEIJINHOS COLORIDOS

Ana disse...

Reflexão que leio e procuro interiorizar. Sentir mais que pensar.

Obrigada pela partilha.
Beijo para ti, Ana.

sideny disse...

Ola Adiniz

Profundo este teu post.

O homem continua a destruir a terra sem dó nenhum.
E quando a natureza dá sinais o homem é minusculo perante ela.
Espero que as proximas geraçôes a tratem bem e que consigam o que nâo se fez até hoje.
beijinhos

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Aninha,

Arrepiei, emocionei e quase chorei com nossa Terra puxando o ar pra respirar. Quanta sensibilidade, menina linda. Esse tipo de alerta é tão sério e tão vital, que fica difícil não parar um pouco e ajudar essa mãe natureza da forma que podemos.

Adorei seu comentário lá no blog... vem aqui, vem.. me dá um abraço?

=]

Você é show!

~*Rebeca*~

-

Pedrasnuas disse...

PASSA NOS MEUS ENSAIOS PARA RECEBERES O TEU PRÉMIO.CERTO?

~*Rebeca e Jota Cê*~ disse...

Esse trailer do documentário Babies simplesmente mexeu comigo demais. Se todos parassem, pelo menos um vez por dia, e vissem um mundo novo saído do cueiro, simplesmente teriam vontade de levar pra casa e cuidar. Essa comparação cultural que Thomas Balmes dirigiu, apenas mostra que pra fazer a esperança surgir, primeiro temos que fazer nascer o puro dentro de nós. São crianças de diferentes partes do globo: Namíbia, Mongólia, Japão e Estados Unidos.


O que acho super válido nessa vida é multiplicar a utopia de um mundo melhor.

Piegas? É nada....

http://www.youtube.com/watch?v=1vupEpNjCuY

Beijo imenso, menina linda.

Rebeca

-

. intemporal . disse...

.

. entre.colheitas . pela terra que respira .

.

. urge re.pensar o passo . há tanto escasso .

.

. paulo .

.

sideny disse...

Ola ADiniz

Obrigada.

Sou sim uma taurina e pura:))

Sou toda touro
:))
beijinhos

Cartão de Visita do Facebook