Pronto, já não é mais um monólogo... Mas sabe que do tempo pouco sei, pois as horas tem sido um falcão a mergulhar atrás de uma presa, do conhecimento. Ana D.Echabe

terça-feira, abril 07, 2009

Ela Pousou

Então novamente
Fez-se luz.
Nasce em mim
O encanto da vida.
Eu, viro borboleta
Para casulo te proteger,
Quando pronto
Ao mundo renascer.

Silêncio para te ouvires,
E agora você aparece,
Tão pequeno e frágil.
Olho em teus olhos
E o que vejo
É amor feito gente.

Eu que pensava ser forte
Vejo-me agora frágil,
Pois é você agora quem
Olha-me nos olhos
A espera, de mim.

Sinto-me filha e mãe
Como ponteiros de relógio
Ao meio dia.
Tenho medo
E ao mesmo tempo
Felicidade, que mal cabe em mim.

No dueto de sentimentos,
A única certeza é como o leite
Que trago em meu peito.
O amor que já existira, antes mesmo de te conhecer.

Então, entrego a certeza a Deus.
Eu, aos cuidados de Maria,
E você, meu doce menino,
A proteção de nosso Pai Celestial.

Obrigada por sempre acreditares em mim
E outra vez dar-me a chance de ser feliz.

19 comentários:

glória disse...

o sentimento derramado de gratidão por dádivas que parecem vir, generosamente, das mãos do deuses. belo texto!

Maria Dias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Maria Dias disse...

Oi Ana,

Vc TB estava em estado de graça quando pintou esta tela viu?Só posso te dizer q ela é maravilhosa!Salvei pra colocar no Avesso semana q vem!Q Deus continue te iluminando assim.
Beijinhos e parabéns!

Pedrasnuas disse...

Há lá melhor sentimento que esse? Fez-se LUZ...tudo é possível!!!

Beijo

Fa menor disse...

Menina,
que há de melhor que o dom da vida?!
Belo o teu poema de amor e vida... e mais belo ainda o que em ti se fez poema.

Votos de Boa Páscoa te deixo!

Beijos

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Adorei!

Ana disse...

Da luz que faz nascer a vida, belo poema de amor e gratidão.
Um beijo com votos de Boa Páscoa.

Pedrasnuas disse...

Obrigada pelo comentário que deixou no sei lá...Então agora tenho uma fã?
Sou uma simples amadora na arte de fotografar...

Beijinho

Multiolhares disse...

O momento mais sublime vivido por uma mulher,
quando vê pela primeira vez o seu filhote
é a luz maior na nossa vida
beijinhos

ADiniz disse...

hehehe!
Sim pedrasnuas,tem.
Quero ficar como diretora.
bjs,hehe!

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

E o que é de vida se faz a vida e nasce vivo. Tanto um ser novo, um sentimento novo, e um horizonte novo.

Até mais.

Jota Cê

-

Cynthia Lopes disse...

Belíssima tela (posso postar no meu blog?), e bela tradução em seus versos-sentimentos. bjs

preto [e] branco disse...

As palavras são como estrelas que brilham e iluminam nossas almas ricas de sentimentos, felicidade e ... poesia.

bj...nho

Pedrasnuas disse...

Muito obrigada pelos seus comentários.Excelente Páscoa

Vento disse...

Também eu acredito em ti...

Boa Páscoa

Beijo

Zélia Nicolodi disse...

__________________________________________

Lindo o seu trabalho!

Um filho...É o maior milagre da natureza!

Seu poema é bonito, muito bonito!!!

Beijos de luz e carinho...

Isamar disse...

Gostei muito. Um poema que é uma partilha de sentimentos vários.

Bem-hajas!

Beijinhos

Rui Caetano disse...

Um poema bastante envolvente.

Cynthia Lopes disse...

Ana, coloquei esta sua tela que eu adoro em meu blog e a traduzi em meu haikais, espero que goste. bjs

Cartão de Visita do Facebook